Ultimamente, muito se tem falado a respeito dos testes imunológicos para a COVID-19. Por se tratar de um assunto bastante complexo, achamos importante esclarecer alguns pontos sobre esses testes:

  • Os testes sorológicos têm a finalidade de detectar 02 tipos de anticorpos, os quais mostram se a pessoa está ou esteve infectada.
  • IgM (Imunoglobulina M) é a primeira a ser produzida pelo organismo, durante a fase aguda, quando a pessoa é infectada. Normalmente, é detectada a partir do 7º dia de início dos sintomas, e desaparece por volta do 21º dia.
  • IgG (Imunoglobulina G) normalmente é detectada a partir do 14º dia de início dos sintomas, aumenta progressivamente, e permanece positiva, demonstrando que houve infecção prévia, mesmo que a IgM já tenha negativado.
  • Os testes podem ser colhidos de 2 formas: punção venosa com material enviado ao laboratório, com resultado em 2 dias ou punção de polpa digital, com resultado em até 01 hora (“teste rápido”).
  • Os testes sorológicos para detecção de anticorpos, analisados isoladamente, não são suficientes ou conclusivos. A interpretação dos resultados deve ser feita com cautela, devendo-se levar em conta os sintomas do paciente, o histórico clínico, e o resultado do exame RT-PCR (se houver), o qual detecta a presença do vírus nas vias aéreas, logo nos primeiros dias de infecção.
  • Os testes sorológicos colaboram com o diagnóstico em situações específicas, levando em consideração a história clínica e exposição ao novo Coronavírus, devendo ser solicitados e interpretados por um médico.
  • Situações de falso positivo: resultado positivo em pessoas que não tiveram contato com o vírus. Isto pode ocorrer por reação cruzada com outras doenças ou falha no teste.
  • Situações de falso negativo: resultado negativo em pessoas infectadas. Isto pode ocorrer por atraso na resposta imunológica individual, ou exame realizado precocemente, onde ainda não houve tempo hábil para o início da produção de anticorpos.

Informação e prevenção são grandes aliadas no combate à COVID-19! Em caso de dúvidas, não deixem de encaminhá-las para o e-mail duvidas_coronavirus@stoller.com.br. Todas as questões serão respondidas pela nossa enfermeira com o suporte necessário do nosso médico do trabalho!

#stollerjuntos&conectados