Diante de um cenário de isolamento social, as novas rotinas têm um grande impacto no nosso dia a dia, e é preciso nos abster do contato direto com amigos, parceiros ou familiares.

No entanto, muitos encontram nos animais domésticos uma forma de passar por esse período de maneira mais divertida e bem menos solitária! Além disso, a presença de animalzinho pode ajudar a controlar a ansiedade e o estresse causados por esse período.

Que tal buscar uma companhia fiel e ainda fazer uma boa ação? Ao redor de todo o país, ONGs do segmento pet resgatam diversos animais todos os dias, que estão em busca de um lar para dar e receber muito amor!

Está pensando em adotar? Não deixe de seguir as dicas abaixo:

Planeje-se financeiramente! Você precisará de dinheiro não só para ração e vacinas, mas também poderá gastar com tratamento para eventuais problemas de saúde.
Você mora sozinho (a)? Se não, todos estão de acordo com a chegada do animal?
O novo integrante deve ser aceito por todos já presentes na casa.
E depois do isolamento? Você terá tempo para seu animalzinho? Pense bem!

 

ATENÇÃO!
Os pets não transmitem Coronavírus, mas é preciso tomar alguns cuidados!
Se precisar levar o seu companheiro para passear, não deixe de higienizar as patas, pelos e utensílios antes de voltar para casa.

Não pode adotar nesse momento? Saiba como ajudar:

Se não puder adotar, busque ONGs que precisem de lar temporário.
Se não puder dar lar temporário aos animaizinhos, seja voluntário.
Se não puder ser voluntário, ajude as ONGs com doações de ração!

#stollerjuntos&conectados